Como criar uma campanha no Facebook

Hoje o tema é: Criação de campanhas no facebook

O Facebook é, nos dias de hoje, um dos principais meios para as pessoas comunicarem entre si e de partilharem os seus gostos. Desta forma, torna-se essencial que os negócios apostem nesta rede social para a divulgação do seu negócio!

Quando falamos em divulgação de uma marca, existe duas formas de o fazer:

  1. Alcance orgânico, isto é, o número de pessoas que vêm as publicações da marca de forma não paga;
  2. Alcance pago, ou seja, traduz-se no número de pessoas ao qual apareceu uma publicação no seu ecrã de forma paga.  é o número de pessoas ao qual apareceu no ecrã uma publicação paga da tua Página.

Saiba ainda que...

Promover uma publicação e elaborar uma campanha são duas coisas diferentes!

Para promover uma publicação apenas temos que carregar no botão azul que nos aparece em cada publicação que fazemos.

Esta é uma forma mais simples e rápida para agilizar o processo de lançar uma publicação paga.

Aquilo que vamos explicar neste artigo, é como elaborar uma campanha através do Facebook Business.

1. Entrar no Facebook Business

O primeiro passo é entrar no Facebook Business. Assim que entrar na sua conta de anúncios, existe um botão que se destaca e que diz “Criar anúncio”, é aí que deve carregar e iniciar todo o processo de programar o seu anúncio.

2. Definir o objetivo da campanha

Assim que criar o seu anúncio, aquilo que vai ser pedido em primeiro lugar é que escolha os objetivos que tem para a sua campanha.

Escolhe os mesmo dependendo daquilo que pretende atingir com a sua campanha, seja esta, alcançar mais pessoas, aumentar o número de gostos, etc.

3. Definir o público-alvo

Este ponto é um dos mais importantes da sua campanha, porque é aqui que vai definir quem vai ver o seu anúncio.

Aqui pode personalizar desde dados demográficos (sexo, idade, país, etc.), assim como interesses e comportamentos que as suas personas possam ter.

Além de dados demográficos (como sexo, idade, país e estado), é possível selecionar interesses e alguns comportamentos.

No final, aparecerá de forma dinâmica o alcance potencial do público que definiu. O ideal é que aponte para o verde!

 

4. Definir o posicionamento do anúncio

Logo a seguir a ter definido o seu público-alvo, encontra o posicionamento dos seus anúncios.

Nesta fase, tem duas opções: deixar o posicionamento do anúncio automático ou então editar o posicionamento.

Aquilo que o Facebook recomenda é permanecer com o posicionamento automático, de modo a que o algoritmo do Facebook distribua a campanha nos locais que geram melhor performance, mas se preferir editar por si o mesmo, pode incluir ou excluir determinados locais, como por exemplo não permitir que a sua campanha seja vista no Instagram.

5. Estabelecer o valor de orçamento

Por fim o último passo será a configuração do orçamento. 

Neste campo, pode selecionar uma campanha com um orçamento diário estipulado, ou se pretende um orçamento para a duração total da campanha.

Pode escolher dois tipos de pagamento: Pagar por cliques (CPC) ou Pagar por Impressões (CMP).

O que é que isto significa?
Significa que, se escolher a primeira hipótese, irá pagar somente por cada clique dado no seu anúncio, caso escolha o pagamento por CMP, irá pagar por cada mil vezes que alguém veja o seu anúncio.

6. Criação do anúncio

Assim que configurar toda a parte técnica, passamos para a parte criativa do anúncio.

Nesta parte, de forma muito simples, terá que definir o seguinte:

  • a conta do anúncio que pretende publicar;
  • o tipo de formato do anúncio (carrossel; imagem única, vídeo, etc.);
  • definir a imagem a publicar;
  • links que pretenda colocar, títulos, descrição e chamada para a ação.

Dicas para esta componente da criação do anúncio:

  1. Utilize imagens com cor e chamativas;
  2. O título não deve exceder os 25 caracteres e deve ser chamativo, direto ao assunto;
  3. Elaborar uma descrição com um máximo de 90 caracteres;
  4. Imagens com copy com menos de 20% de texto (clique aqui para a ferramenta de verificação de texto em imagens)
  5. Dimensões e formatos corretos (tamanho 1200*628px e formato PNG);
  6. Colocar sempre que for importante, uma chamada de ação.

No final, aquilo que lhe compete fazer é então monitorizar, assim como acompanhar os resultados do seu anúncio.

É essencial medir resultados para que se consiga retirar conclusões daquilo que foi positivo e negativo no anúncio, de modo a que se possa ajustar nas próximas campanhas o que há para melhorar ou excluir.